Quero Receber Novidades

Saiba quando tem post novo

quinta-feira, 25 de julho de 2019

O meu melhor ativo é..

Fala rapaziada, beleza?

Desde que comecei a ficar fulltime estudando pra concurso parei pra refletir e cheguei a uma analogia interessante. Que tem tudo a ver com mercado financeiro. É mais ou menos assim.

Vocês já pararam pra pensar qual o seu melhor ativo? Se é aquele super bancão ou aquela hidrelétrica top ou a nova fintech que abriu capital?


Pois é.. Isso é bem relativo e pessoal, concordam?

Mas e se vocês começassem a pensar por um outro lado. Bora lá?
Já pararam pra pensar que um ótimo ativo é o tempo? Que se você parar e analisar, ele foi ,DEFINITIVAMENTE, o ativo que mais se valorizou. Duvida?


Ué, não importa se uma magazine luiza cresceu 800%. Veja só, quando você é mais novo e tem tempo de sobra ele tá la desvalorizado, underated total. Só que você vai ficando mais velho e do nada você vê o efeito bola de neve nesse ativo. BOOM!

Explodiu quantos porcento? Você começa a ver valor nele e começa a precifica-lo bem agora. Cuida melhor dele, analisa no balanço anual se teve um resultado positivo ou negativo.

Viu? Você começa a entender que esse ativo é top. Passado mais um tempo, você vê que ele cresceu MUITO de novo. De tal forma que você não consegue comprar mais "cotas" dele.

Conseguiram sacar a analogia? Parece meio boba e talz, eu sei. Mas se parar e pensar é a nossa vida em jogo. Então porque não começar a ver com mais frequência o balanço desse super ativo? Tá dando lucro ou prejuízo?

Não acho que devemos largar tudo e aproveitar ao máximo, sou a favor de um equilíbrio. Então se você só foca em algo tente reavaliar da mesma forma que você olha suas ações no final de cada ano ou com frequência maior, você que sabe.

E vocês? Qual o seu maior ativo?

Abraços

Leitura da semana: Como convencer alguém em 90 segundos

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Pechincha no Ibov?



Resultado de imagem para barato

E aí, pessoal? Será que tem?



Mês passado andei fazendo algumas pesquisas e tentando achar algo que pudesse comprar a um preço  razoável. Nessa procura eu queria buscar algo que estivesse abaixo de 10 Bolsos pra poder pegar lotes de 100. Fique claro que, não é porque está abaixo de 10 que é barato, foi só um critério a mais que escolhi.

Procurei, procurei e procurei e decidi entrar em 3 ações que achei um valor justo. Abaixo vou dizer o porquê que entrei.

Ações Escolhidas




1) Cielo

Resultado de imagem para cielo
Era uma ação que eu tinha um certo preconceito. Isso porque eu tento usar nos meus critérios o fator valor agregado ao cliente. No caso da Cielo, ela era uma puta ação para o investidor. Ótimos resultados e dividendos, só que para o lojista não era tão boa. Só trabalhava com aluguel e taxas não tão atrativas, só que com a concorrência acirrada fez as coisas mudarem.

Sum up, pagseguro, stone, safra. Tudo corrento atrás dela. O marketshare caiu bem, junto com seu lucro. Eu, se tivesse como, entraria na pagseguro. Meus pais são comerciantes e eu realmente gostei do que ela oferece e agrega pra gente, mas o capital é aberto só nos eua..(paciência).  De fato, o valor da ação caiu muito! Aí parei e pensei, será que temos uma oportunidade?

Vejo que Cafarelli vai ter muito trabalho pela frente, só que eu já vejo umas movimentações. Reinvestimento pesado em marketing e diminuição dos dividendos. Hoje, tenho visto cielo em tudo que é canto, taxas melhores, mais produtos (maquininhas) e etc.

Ela vai se reerguer? 
Não sei. No entanto, acho que pelo valor que paguei (6,60) valeu a pena. Acredito que não vai chegar ao nível que já foi um dia, mas que tem potencial pra melhorar e se manter por cima.

2) Klabin

Resultado de imagem para klabin



Eu até um tempo atrás não curtia empresas endividadas. Só que o tempo passa e você vê que radicalismo é ruim. Endividamento tem o fator positivo quando bem administrado, pois pode servir para uma expansão e talz.

Empresa ultra antiga, que tem mostrado resiliência ao se manter durante todas as crises. Sempre pagando dividendos atrativos e buscando se expandir, acionistas da família com muitos papéis da empresa (me faz acreditar que vão dar o sangue pela empresa) . Apesar de ser um setor com algumas empresas empresas de concorrentes, ela trabalha meio que por fora..focada em papelão em si. 

Enquanto buscava mais informações sobre, acabei descobrindo que é uma das queridinhas do Barsi. Não que isso deva influenciar em algo, mas sei lá, né. É o Barsi.

Paguei por volta de 2,93. Achei interessante e também não tinha nada nesse setor de celulose. Resolvi diversificar pra esse lado também.

3) AES Tiete

Resultado de imagem para aes tiete



Essa, confesso que, apesar de ter pesquisado, foi uma das que olhei menos. Vi que tinha um lucro absurdo até uns anos atrás mas que por uma perda de contrato o lucro desabou.
Só que, na crise uns choram e outros vendem lenços. Ela se mostrou capaz de voltar a crescer. Se olhar os lucros dos últimos anos, ela vem se reinventando. Diversificando em setor eólico, e acaba que o lucro voltou a subir. Longe do que já foi, de fato.
Maaaas os dividendos são recorrentes e atrativos. Cheguei a pagar por volta de 2,12 acho.


Conclusão.

Eu comecei a investir em 2015. A bolsa beirava seus humildes 46k, hoje acho tudo muito caro. Apesar disso, fiz entrada nessas empresas que listei acima. São realmente pechinchas? 
Eu cheguei a conclusão que eram, pelo menos na minha opinião. Fiz entrada nelas e vou ver o que vai rolar.
Até hoje, elas subiram bem, só que não vou usar isso de parâmetro. Até por que ibov bateu topo histórico, ou seja, qualquer porra tá subindo. Mas acredito que os preços foram justos.

OBS: não é uma indicação, eu fiz uma análise e ACHEI isso. Não sou profissional nem nada. Até por que eu até queria entender  como a galera precifica as paradas. Procurei uns cursos no Udemy e Hotmart sobre. Acabei achando esse no Hotmart, alguém já fez? Vale a pena?

E aí, galera? Acharam alguma pechincha na bolsa?
Abraços


OBS: pra quem curte livro a Amazon tá com 2 dias de frete grátis =)


segunda-feira, 8 de julho de 2019

O Famoso Quem Indica (QI)

Olá investidores, como estão?

Hoje resolvi falar de um assunto que sempre foi meio que um tabu, o famoso QUEM INDICA.

Cara, eu lembro de passar a faculdade e mesmo um tempo depois escutando vários amigos meus reclamando disso. Na real, um monte de bullshit. Depois de ver meus pais como empreendedores eu percebi que o QI é muito importante e é BOM.


Aí você pode chegar e me perguntar. Como assim bom?
1) Em relação ao empregado
     O cara que tem QI, geralmente, fez essa rede de contatos. Lógico, alguns herdam pela influência dos pais e etc. Mas, na sua grande maioria, eu vejo que são pessoas que buscaram conhecer gente ao longo da vida. São aquelas pessoas que sabem se comunicar/expressar e trabalhar em grupo. Eu prefiro uma pessoa assim do que uma que não fala, se esconde, se omite. Pessoas que tem QI, tem por natureza, a habilidade de oferecer algo de valor para que depois consiga algo de volta (a indicação de uma vaga, por exemplo). E isso é importante para um CARALHO! Buscar pessoas que queiram agregar a outras, não de forma de interesse mas sim por querer mesmo. A reciprocidade vem de graça
2) Lado do Empregador
    Veja bem, concordamos que tempo é dinheiro?
     Se sim, vamos lá. Na época que eu buscava estágio, eu via por dentro como o processo seletivo é LENTO. Não por burocracia, mas por que o pessoal do RH busca o candidato "perfeito". O que pra mim é furada, já que muitos treinam e vivem personagens ali. O QI faria com que esse processo fosse altamente agilizado, isso porque.
Imagina você como estagiário ou funcionário da empresa X. E aí seu chefe chega pra você e pede uma indicação pra cobrir uma vaga que vai ser aberta. O que você faria?
a) Indicaria qualquer amigo
b) Indicaria um amigo que se enquadrasse na vaga e que você confia

Acredito que todo mundo marcaria a "b". Isso porque nós colocamos o nosso na reta, nossa credibilidade vai ser testada. Se o cara faz merda, já era. Sua reputação foi ralo a baixo.

Frase: Você pode demorar 10 anos pra fazer uma reputação e apenas 5minutos para destruí- la

Então eu meio que penso dessa forma. O QI é bom e importante para o empregador e ainda mostra de certa forma as habilidades sociais da pessoa em questão. De fato, TODAS as pessoas que conheço que reclamam de QI são aquelas que, justamente, não possuem um QI.

Esse post foi mais um desabafo pra essa galera que só reclama em vez de levantar e mudar.
E vocês? Tem alguma história de QI pra compartilhar?
Abraço e ótimos investimentos


OBS: seguem dois links relacionados a network. Um é o ted do Raiam e outro é o livro dele. Esse cara é super conectado internacionalmente. Fez uma fortuna passando aparência de babaca no instagram, mas é o personagem que ele vende e que dá dinheiro. Justíssimo.


Livro: Hackeando tudo 
TED Raiam