Quero Receber Novidades

Saiba quando tem post novo

quinta-feira, 30 de abril de 2020

O que você está fazendo nessa Quarentena?

E aí, galera. Tudo bem? Perguntinha simples, mas pertinente.

O que vocês têm feito?

Vocês já pararam pra pensar que até um tempinho atrás, a gente postergava/jogava pra frente as coisas porque não tinha tempo.

E agora? Qual a desculpa que você está dando?

Eu acho que temos duas opções de passar esse período de descanso forçado. Podemos ver o copo meio cheio ou meio vazio. Podemos aproveitar o tempo "livre" pra aprender novas habilidades ou reforçar alguma que já estava enferrujada. Ou simplesmente ficar vendo netflix o dia todo..



Veja bem, assistir netflix não é um problema. O problema é depois você não evoluir em algo e jogar a culpa na "falta de tempo".

Eu estou aproveitando esse "novo" tempo extra pra tirar a poeira do violão e pra evoluir no alemão. Separei entre 30min a 1 hora de estudo/prática diária.
Eu coloquei prática diária pra virar hábito de uma vez, além disso, separei horários específicos certos.
pra essa prática. Eu já percebi que, quando não tenho horário fixado, eu me perco, logo horários

 Eu sempre fui um cara de praticar algum esporte. Atualmente faço corrida, jiu jitsu e musculação. Com a quarentena tive que parar, mas sigo uma galera que posta uns exercícios pra fazer em casa. Na real, me surpreendi.. alguns realmente bem puxados, até pq vc muda o estilo né. Na academia faço mais "peso" e em casa é mais circuito.
Ahh, quase esqueci. Comecei a ler esse livro AQUI esse mês

E aí? O que como vocês estão passando o tempo nessa quarentena?


Dicas do que fazer:
Livros, a amazon está com a kindle unlimited grátis por 1 mês de teste
Udemy, cursos online. Já comprei várias paradas por menos de 30 reais; Inclusive, estou fazendo um curso de alemão por lá
Youtube aqui é bom filtrar o conteúdo. Muita coisa boa gratuita e muita gente pincelando material pra vender algo dps
B3- Mais de 20 cursos gratuitos pra começar a operar na bolsa. Nunca fiz, mas pode ser interessante pra quem tá começando


Aqui vai uma coisa pessoal. Não sei se vocês estão levando a sério ou não esse período, mas há 3 dias eu perdi minha avó devido ao COVID. Eu sei que não é o intuito do blog falar disso, mas eu achei importante pq quero reforçar o pedido pra evitarem de sair de suas casas e cumprir a quarentena. Doencinha filha da puta essa, então, por favor, fiquem em casa
Abraços

terça-feira, 17 de março de 2020

Onde estão os analistas e vendedores de cursos agora?

Sumiram?

 


Eu estava sentado outro dia e comecei a perceber que todos aqueles que ficavam enfiando cursos goela abaixo deram uma grande sumida. Antes dos circuit break, a gente era bombardeado por ads no youtube, insta, fb. "Do nada" somem.

A minha grande revolta não é com a galera querer levantar uma grana vendendo curso, mas sim com a manipulação da vida dos outros. Eu vi galera vendendo carro pra começar a aportar pq a bolsa tava subindo mais do que pirâmide, e esses vendedores quase que garantiam isso.

Acho que o mais sensato é jogar de forma aberta. Bolsa varia tanto pra cima qt pra baixo. Reserva de emergência e hedge em renda fixa. Tivemos um boom de 600k pessoas pra 1.6kk de pessoas, talvez 50% nunca tenha visto um crack na vida e, do nada, veem talvez o pior.

Eu estava olhando uma página que sigo e achei um dado interessante. No google trends, uma das coisas mais pesquisadas era frases relacionados a buy and hold do buffet. Incrível, né. Até pouco tempo muita gente criticava o velhinho por ter quase 50% guardado em caixa, agora é de volta o mais procurado e citado.

Foi só um desabafo msm. Eu, não sou e nunca fui especialista em ações, aprendi alguma coisa tomando porrada desde 2015. Eu tento ajudar familiares e amigos que me procuram mostrando o que de fato eu olho e indicando o RI das empresas pra conhecer melhor onde vai colocar a grana. Tem gente que gasta mais de mês olhando info técnica de um celular, mas pra olhar um balanço tem preguiça.

Sei lá, vamos torcer pra uma recuperação e seguir forte nos aportes. Mantenho minha ideia de empresas dividendeiras, até pq sempre foi o meu plano.
E vocês? Mudaram os planos e estratégias ou seguem firme no jogo?

Abraço

domingo, 1 de março de 2020

E aí? Você é realmente Buy and Holder?



Essa é uma pergunta bem pertinente agora, não acham?

Desde o boom das ações, subindo de 600k investidores para 1,5milhão essa foi a primeira porrada que tomamos. Chegamos a 120k pontos e baixamos até menos de 100k.

 Todo mundo se diz buy and holder até começar a derreter o patrimônio. Via gente comprando qualquer coisa, diga-se "Oi", com zero fundamento. Não sou o melhor investidor, LONGE DISSO, mas comecei a ver gente próxima comprando qualquer coisa pq tava tudo subindo. Quero ver qual foi a reação delas nesse momento.

A porrada machuca, lembro da minha primeira ação que comprei (CMIG3), paguei por volta de 13 reais. No mesmo ano, ela chegou a bater 5 reais. Lembro de ter entrado nela mais 2x na casa dos 9 e 8. Não via o fundamento dela cair tanto para isso..

Estratégias

Eu vejo muita gente falando que o que importa é o valor e não preço. Acho que depende da sua estratégia. Se você é um Barsista, que se importa mais com dividendos do que evolução de patrimônio, isso pode estar certo. O negócio é cair o dinheiro lá pra você viver a sua vida, independente de ter 1 ou 10 milhões. Agora quem quer ser alavancar, acho que importa um pouco sim.

No meu caso, eu gosto de dividendos. Nunca comprei uma empresa de rápido crescimento. Só que por estar estudando pra concurso, logo, com pouco dinheiro, não tenho aportado qt gostaria. E, então, uso uma estratégia de oportunidades para poder me "alavancar". Faço de certa forma um giro de ações, qd estou com elas, aproveito o dividendos (até pq gosto da empresa), qd acho que consigo vende-la bem, troco e pego outra oportunidade.

O meu mais recente movimento foi com ambev. Tinha Preço médio na faixa dos 15 reais e pouco. Vendi a 19. Comprei de novo a 14,30.

Resultado de imagem para oportunidades
Ah, mas o balanço da ambev veio ruim. Heineken está dominando o mercado. SIM, companheiros. Concordo que houve um balanço desfavorável. Mas, acredito no Lehmann e seus amigos. Mais do que comprovado que eles se viraram bem ao longo dos anos, e, ainda peguei um preço descontado para uma empresa que, para mim, tem um grande valor.

Outra estratégia que gosto é a do Nigro, estipula um valor percentual de qt quer ter em cada ativo (fii, RF, ações,BDR), e vai rebalanceando com as oportunidades até ficar tudo igual. Achei legal isso, pq tive amigos me ligando que estavam queimando o TD deles todos pra comprar as oportunidades. Mas aí pensei, será que essas oportunidades já estão no piso? Será que podem melhorar ou piorar? Então é legal esse rebalanceamento para a ganância não te surpreeender.

Em breve em todas as corretoras

E vocês? 

Quais foram suas "jogadas" nesse caos da última semana? Compraram, venderam?

Abraços


Meu ego e o Ibovespa




terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Os pequenos gastos realmente interferem?

Pequenos gastos são os grandes vilões? Será? Será?

 

Na terça feira eu estava escutando o Primo Rico falando sobre esse assunto. Daí, parei e pensei um pouco sobre o assunto.

Será que é economizando no cafézinho que vai te deixar rico?

Acho que a resposta não é bem se vai deixar rico ou não, e sim se vai contribuir mais ou não para poder investir. Explico

Num universo de uma pessoa que ganha seus 10k, não vai ser um cafézinho que vai influir diretamente no potencial investimento. Agora, se uma pessoa vive com 1 salário mínimo, vive no limite, esse dinheiro do cafézinho VAI fazer a diferença.

Ponto de vista do Primo Rico

O Thiago Nigro explicou que o que deixa rico é o trabalho, deu exemplos. Todos os caras milionário conseguiram grana com trabalho + side jobs + empresas + qualquer forma que faça entrar mais grana.

Você consegue ter mais dinheiro "líquido" qd você diminui despesas ou qd aumenta receitas ou os dois, né.

E, realmente, parei pra pensar nas pessoas que conheço que tem uma "condição" melhor. Todas elas fizeram mais grana do que ficavam economizando em qualquer coisa. Digo que saber usar o dinheiro, milhas, pesquisas é organização e contribui; mas não foi deixar de fazer um jantar num lugar top ou pegar só comida mais barata que os deixaram melhor.


Achei interessante o ponto de vista dele, mas são casos e casos. Cada um conta com uma realidade diferente, sabemos que o salário mínimo do brasileiro não ter permitiria tomar café todo dia tb, né. Não que isso seja desculpa, se está insatisfeito ou ganhando mal, cabe só a nós msm mudar isso.

E vocês? Concordam ou tem uma opinião diferente?


Parte pessoal

Voltei a correr, sempre quis correr a meia maratona do Rio. Já consegui fazer alguns percursos de 15km, mas por causa do Jiu jitsu torci o pé não fui fazer a meia. Comprei um tênis e voltei devagar, 5km pra acostumar e perder o sobrepeso do final do ano


E segue a primeira vítima do corona vírus no Brasil



Abraços!


segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Mudança de Estratégia

Fala, galera. Tranquilidade?

Bom, eu há um bom tempo falo de colchão de segurança, mas acabou que nunca apliquei. Sempre gostei de comprar empresas, ainda mais porque comecei a comprar tudo qd o ibov tinha seus 45k pontos. Consequentemente peguei uma alta absurda, só que agora eu vejo os preços mais altos e bate certo medo de ficar 100% na variável.

A minha ideia é ter por volta de 40-50% em RV brazuca (fii e ações ). E, os outros 50%, em fundo de renda fixa e outra parte dolarizada. Explico.
Não vou comprar TD pq tá muito ruim, alguns fundos de RF conseguem bate-lo. Vou escolher um com D+1 (pra dar liquidez).
Já a parte dolarizada é como se fosse um Hedge(ou proteção). Existe uma certa correção qd a bolsa brasileira cai, o dolár foge daqui. Muitas vezes vai para os eua e pode gerar um  aumento da sua bolsa. Como sou pequeno, decidi operar por fundo de índice. O mais conhecido é o IVVB11.

Sei que a alta exposição a RV é complicada, mas eu espero proteger meu capital com essa exposição na gringa e mais o colchão. Esse colchão vai ser aplicado em "oportunidades" na bolsa brasileira.

Vendi minha participação da ABEV, acho que foi a minha segunda ação que comprei, mas foi mais por funcionar como um swing trade. Eu tinha um preço médio de 16 nela, e sempre a vejo oscilando entre 15~21. Optei por vende-la a 19 e caso caia de novo pra essa faixa eu penso em recomprar o papel. A situação da ambev está dando uma complicada com a Heineken chegando forte, vou acompanhar os próximos boletins pra ver qual vai ser a próxima tacada do titio Lehmann.

Acho que isso é tudo. Na parte pessoal, continuo estudando pra um concurso ( que não sai). Saindo bem pouco de casa, basicamente malhando e lutando no Jiu jitsu.

Abraços

Aquisição do mês-> Suporte de Tablet  Parece idiota, mas pra quem estuda com tablet isso aqui faz uma diferença ABSURDA! Comprei esse da China, dps que vi tinha na Amazon -.-'

Enquanto isso o radar tá ligado, procurando oportunidades igual no vídeo abaixo




segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Metas x Objetivos

Fala, galera. Tranquilo?

Chegando final de ano e todos nós acabamos por entrar na mesma história de fazer novas metas pro próximo ano. Será que estamos fazendo certo?


Já dizia um ditado:

 "uma ideia sem plano é apenas um sonho"

Para realizarmos o que desejamos nós temos que metrificar, por números, tornar palpável. Vamos lá.

"Eu quero emagrecer "
Isso é apenas um objetivo, mas temos que por no papel o quanto queremos perder, como vamos perder e um prazo.  A partir disso, você tem um plano e deve segui-lo para conseguir.

Quando não fazemos isso, fica tudo muito subjetivo e suscetível a você dizer aquela frase "ah, é muito difícil. Faço na segunda feira".

Eu senti isso qd voltei para o Jiu Jitsu. Chegava na segunda e eu não ia. Pensava "ahh, vou amanhã". Esse amanhã se tornava depois, depois.. e já era. O que fiz foi estipular que segunda e quarta são os meus dias de treino. Eu tenho que ir e não vou mudar. Depois de ter claro isso na cabeça não faltei mais.


Vamos por objetividade, até porque quando chegar o final de 2020 você vai poder chegar e usar algo para se apoiar e ver se atingiu o objetivo. Se você não estabelece meta e números, você poderia ter chegado e emagrecido 1kg em um ano. E aí? Foi ótimo? Não, né..


Eu vou parar um dia e atualizar certinho as metas do blog (não atualizo há anos) e, inclusive, caí nesse erro de confundir a meta e os objetivos, não estipulando isso que falei. Falhei.

E vocês? Usam algo parecido pra medir seu progresso? E o que vão fazer no ano de 2020?

Boas festas, galera!

 Dicas de Livros:


sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

É por isso que você deve agregar valor ao seu Cliente

"Leva-se dez anos para construir uma reputação e menos de 5min para destrui-la"

Acho que todos nós já escutamos essa frase, né?

Queria compartilhar uma história com vocês que aconteceu no último final de semana, para mim, mostra o como algo simples pode fazer você falar mal e nunca mais contratar uma empresa.

Eu fui fazer uma prova em Porto Alegre e comprei uma passagem pela Latam. Até aí tudo bem. Acho que hoje em dia as pessoas não se fidelizam a empresas aéreas, nós, basicamente, buscamos PREÇO. E preço foi o motivo da escolha.

Já na ida, meu voo acabou por atrasar 2horas (DELÍCIA). Mas até aí OK, imprevistos acontecem. O meu grande problema foi a volta! Não por espera ou atrasos, mas sim pela falta de jogo de cintura e de querer ajudar o seu cliente.

Na volta eu tinha comprado meu voo para as 19hrs. Como ia ter que esperar um bom tempo no aeroporto eu tentei adiantar o voo, fui buscar informações e descobri que deveria pagar 100 reais.

Cara, já tinha pago a passagem. Se tinha vaga em qualquer voo mais cedo, porque não fazer algo pelo seu cliente e adianta-lo?  Seria um jogo de ganha-ganha.
Pensem comigo: eu sairia feliz e a empresa teria mais tempo para vender o "lugar" do meu voo já que eu seria realocado e eles perderiam aquela vaga.




Eu quando posso escolher eu vou de Azul, ótimo atendimento, jogo de cintura e até a comida é boa. Na latam eu ganhei 2 biscoitos. DOIS! Eu não voo por causa de comida, mas sério.. tem coisas que porraa.

E vocês? Já passaram por algo parecido com alguma empresa que vão evitar e falar mal sempre que puderem?

Abraços